sexta-feira, maio 13, 2005

Tomo banho, logo f***!


Ontem dei-me outra vez a um dos meus fetish: comprei mais um gel para o duche/banho. É que não sou capaz de entrar numa loja, que os venda, sem saír com pelo menos um na mala. Sabes Gabriel, para mim é como se estivesse a escolher a minha roupa todos os dias. Levanto-me, vou para a casa de banho e dependente da minha disposição escolho o gel. Tenho um com cheiro a cereja, a caramelo, a baunilha e a manga. Depois alguns da nívea e um para bébés, seguido dos gel-de-banho igual a alguns perfumes que uso. Algumas mulheres compram sapatos, eu é aquele sabonete cremoso com vários cheiros. Sou feliz assim... Olha que também devias de experimentar Gabriel, sempre te via logo de manhã com um leve sorriso na cara. Quando contei ao André, ele só se riu e disse: “Então é por isso que cheiras sempre tão bem.” Daqui a uma semana a mulher dele e os dois filhotes vão ter com a avó no norte da Alemanha. E sim, é por isso que tenho andado com “um brilhozinho nos olhos”. Os dois já vivemos a semana inteira, dia-a-dia, foda-a-foda nas nossas mentes, tal é o desejo! Falamos sobre isso e quando ele me conta que tem uma daquelas banheiras enormes (e nos vê lá às cambalhotas) e foi aí que lhe falei do meu fetish. Mas não, não vou levar gel nenhum. Que se lixe o gel. Eu nem vou ter tempo se calhar para reparar nos pormenores da casa, tal é o tesão. Ha, e à pergunta como é que ele aguenta tanto tempo sem se vir, ele respondeu assim: “É segredo do ofício e quando se ama alguém faz-se para aguentar muito tempo e assim saborear mais!” Também fiquei de boca a aberta como tu Gabriel, mas não tive a coragem para descobrir o que ele quis dizer com tal coisa!

2 comentários:

Ricardo Garcia disse...

Vais dar cabo do casamento do homem :)

Nysa disse...

acho que nao... além disso talvez que já esteja estragado... mas eu tomo conta ricardo ;-)